Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA DAS MUITAS QUE APRONTEI

Sou uma Borboleta daquelas que demorou para sair do cazulo, tem coisa que sabemos desde que começamos a raciocinar, assim ja sabia que era lésbica desde os 8 anos de idade, mas é claro que a família e logo depois a sociedade fizeram com que permanecesse quietinha por muito tempo.

Assim cresci me masturbando a noite sozinha quietinha embaixo dos cobertores, e quase morri de nojo quando deixei um rapaz me beijar aos 17.

Me calei, nao vou ficar com mulheres, muito menos com homem, assim foi até as 20 anos quando entrei na faculdade, outro universo, longe de casa e da sociedade mente pequena do interior.

no primeiro ano do curso alguns garotos tentaram se aproximar, deixei bem claro q nao estava a fim ai parara, quanto as amigas sempre as respeitei, nunca deixei transparecer nada até que passei para o segundo ano, conheci a Cris, que era repetente do segundo ano, viva me chamando para o boteco, as vezes dava uns apertoes na minha cintura era muito alegre e corria a fama de q ja tinha dado para todos os meninos do curso.

Um dia no banheiro da facu na hora de sair ela me perguntou e ai Fer, tu tem namorada?

Euu pasma,.... namorada? ta maluca? e ela todo mundo fala q tu nao é chegada em homem, vc é lesbica né?

Eu acho q fiquei azul, desmenti tudo e pedi para ela ver com quem tinha inventado aquilo se eu ja tinha dado em cima ou ficado, q conversa mais sem noção.

ela pediu desculpas e continuamos amigas, no segundo semestre começaram as aulas aos sábados. Cris me convidou para dormir na casa pois era mais perto e assim poderiamos aproveitar melhor a sexta a noite, começamos bem na primeira sexta me levou num barsinho eu fiquei com uns amigos q conhecia da faculdade do lado de fora e ela entrou, de pouco em pouco vinha dizer q ja iamos, e assim foi cada vez q vinha estava mais bebada, eu q bebo muito pouco comecei preocupar porem so consegui convencê-la de ir para casa depois das 3 da manha, quando chegamos ela desmontou na cama q tinha arrumado para eu dormir, ela ia dormir no quarto do irmao, me ajeitei no chao num cobertor e dormi ali encolhida de manha ela nao deu conta de levantar para ir para aula eu fui sozinha, fula da vida com o corpo dolorido. na hora do almoço ela chegou, pedindo mil desculpas, disse q estava tudo bem, me fez prometer q eu iria dormir no outro final de semana para nao ficar má impressao dela.

no outro final de semana sexta a noite, me chamou vamos passar num churrasco 19 minutos e ja vamos para casa, eu tonta acreditei, fomos para o churrasco de la ela foi levar um amigo num boteco, nesse ela insistiu eu entrei disse q ia ficar 5 minutos, ela bebeu umas ai me pediu q fosse ao banheiro com ela, fomos a fila enorme e chegou pertinho e começou nossa to tarada hj, to morrendo de vontade de ser chupada, ela nem sonhava q eu alem de virgem nunca tinha ficado com uma mulher, falei para ela deixar de coisa e andar logo.

so saimos de la 3 da manha e fomos para casa dela ela de porre, eu disse nega hj nao vou dormir aqui no chao nao, pode ir para cama do seu irmao, e ela bem chapada começou se pendurar em mim, falar mole, eu a empurrei e pedi q sossegasse q ia acordar a casa todo, num lance ela me puxou pela cintura seu halito quente pertinho do meu seu cheiro de perfume, shampoo e suor me embriagou tbm, eu passei as maos em seus cabelos loiros compridos até quase a cintura e pedi q nao fizesse isso. ela levou as duas maos no rosto e começou a chorar, perguntei o q era e ela disse q nao queria ela pq ela era feia, q era gorda q nao era inteligente como eu.

eu continuei fazendo carinho, pedindo q se acalmasse q nao era aquilo q ela era linda, que o olhos o cabelo e o corpo era naravilhoso, ela olhou com os olhos azuis mais lindos do mundo para mim e pediu fica comigo então.

nao aguentei, com as maos meio tremulas segurei seu rosto e beijei suave sua boca, quando deitamos estava segurando suas maos, suavamos, tiramos a roupa devagar sem descolar os labios, embora eu tremesse e fosse totalmente inocente e inexperiente Cris nao percebeu nada, a beijei toquei seus labios com a maior suavidade, mordisquei seus mamilos, desci beijando a barriga, abri suas pernas e beijei sua virilha toquei sua bocetinha suavemente mordiquei o grelo e depois chupei fui fazendo de maneira carinhosa e suave, depois enquanto chupava seu grelo introduzi dois dedos em sua fenda que entrava e saia num vai e vem gostoso, cris gozou varias vezes em minha boca, depois subi a abracei com carinho, beijei seus labios mordisquei chupei sua lingua ela adormeceu assim. depois..... continuo nos proximos...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos patroa praia nudismoFui corno e gostei muitochegou na casa da visinha e ja foi logo comendo a safadTreinamento de cachorros para zoofiliarapidinha calcinha pro lado conto eroticochefe e demissao conto eroticocasa do conto erotico velhasboquete no filho contoshomens velho gay contoscontos eroticos orgia nudistacontos eróticos seios devem ser mamadosconto mulher.pagando a conts no barContos eroticos trai meu marido com o meu paicontos eroticos de mae e filho na piscinaficando com o hetero safadoconto gay contos erodicos de alunas e prefessorescontos minha filha tem mega grelaocontos eroticos fui.abusada pelo meu sogro enqxvidio real meu primo mamado peito bicudo da minha mae negraContos dando cu primeira vez no assaltoCaminhoneiro machão pauzudo e fudedor conto eróticoconto erótico meu tio gosou dentro da minha bucetinha guando eu tinha sete anoswww.contos eróticos.com.br enrrabei a patroacontos pai ea mamae chuparao minha xoxotacasado chupa travesti contoA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele não ouvirFoderam gente contos tennsabacinho da japaduas mulher do Jordão baixo chupando b*****Contos eroticos gang bangcontos eróticos de mulher sendo estrupadaContos eroticos novinha analproctologista me comeu gayContos eróticos comi minha imagina sem camizinha e ela engravidouconto eróticos prima doente mentalContos eroticos gay iniciado pela maeviuvas de bunda grande que sentou na rola do negao/ contos eoticos reaiscontos eronticos tia levatou a saia de lado e setou em mimcontos porno esposas estuprados submissoscontos eroticos dando o cu na praiacontos eróticos reais de mulheres evangélicasvi minha tia na cozinha fazendo comida não aguentei da sarrada na bunda dela caiu na p*****Fuzileira gostosa dando a bucetacontos namorada arrombada assaltantesme comeram contos teenMulheres que gostam de envertemos os papéis na cama pornoconto erotico cinema varios porno escravavidios porno velhos punheta nas dunascontos eroticos familia rentfiz minha cunhada chupar meu pau filmei tudo escondido sem ela sabercontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anoscontos eroticos de meninas que sua prima ensinou a ser putinha ainda bbContos eroticos casada cheia de porra pro maridoconto erotico estuprei a e humilheirelatos/erotico meu padrasto me dava banho e colocava no colocontos Eróticos o macho dominanteconto erótico viajei e trai meu maridocontos filha pequenafoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1Meu marido e viado do filho conto eroticocomendo a tia muda e surda videos de sexocontos eroticos reais minha cunhada me seduziu e eu comiMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contosdesabafo sou casada trai meu marido com eletricistacontos porno amador de filha submuo cavalo hunano, contos erótico reaiscontos eroticos afilhado novinhoporno club contos eroticos de meninos gayscomtos eroticosgarotasestuprei minha esposaminhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duascontos eroticos de enteadascu de bebado não tem dono contos eróticos gayContos eróticos amiga da minha mae me tirou a virgindadecontos eroticos gay comecohomem virgem contosusei calcinha contosconto vendo minha tia se depilandocontos erotico marido bebado cornocontos eróticos dei ele chupar meu seio no meio da pista de uma boatebolinei minha cunhada por baicho da mesa videome arrombou o rabo contos casadacunhada casada e timida linda contosfiz amor com minha irmacontos eroticos o diretor pe de mesa comeu o cu do aluno sou carente meu sogro pintudo contosminha nora gostosa+contospapai voce me acha bonita contos eroticoscontos erótico estuprada pelo chefinhoPuta merda!!!para!(conto teen gay)contos presenciei minha irmã fudendo com um dogcontos eroticos gay game apostafingi que dormia e minha mulherco uma conto erotico tereza okinawa porno