Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A SOGRA E A CUNHADA

tenho uma sogra de 45 anos loira, linda e safada sempre conta suas experiências sexuais abertamente, sempre tive muito tesão por ela, e nos últimos 2 anos ela diz ue está subindo pelas paredes pois o sogrão que é mais velho e tem diabetes não levanta nem com viagra, e diz que não vai usar sá a lingua, minha sogra e super liberal senta no colo dos genros mesmo sentindo que deixa o pau deles duro no fundo ela gosta de seduzir, um dia minha esposa pediu para eu ir para casa da minha sogra para a levarmos para fazer compra pois ela não tem carro, cheguei bem mais cedo do que minha esposa pois saiu as 14:00 e minha esposa as 17:00 minha intenção era descansar um pouco enquanto esperava, quando cheguei lá minha sogra estava linda, cabelão comprido souto, um vestidinho tubinho que é tudo de bom , passei e ainda brinquei com ela dizendo e sogrinha ainda deixa muito novinha no chinelo, ela me xingou e fui pro quarto dormir, depois de uma meia hora acordo com minha sogra engolindo o meu pau com toda a vontade do mundo, quando acordei pus a mão na cabeça dela e enfiei até a garganta, quando eu soltei ela disse pensei que não fosse acordar, ela me disse eu não aguento mais ficar sem rola, e minha filha diz que você é foda na cama , eu tenho ue dar pra você hoje, fui pra cima dela beijei apertei seis peitinhos pequenininhos e málinhos ela gemeu que nem doida e falou me enfia o cacete logo antes que eu desista dessa loucura, tirei o vestidinho dela e chupei seus peitos ela novamente disse me enfia o cacete logo que faz dois anos ue eu não sei o que é um pinto duro na minha xana , mais invés de enfiar a rola enfiei a lingua a véia gemeu ue nem louca e falava ai não chupa não eu já to subindo pelas paredes , eu mandei ela calar a boca e gemer , depois de uns cinco minutos chupando acertei o pinto para enfiar, e montei em cima dela, enfiei sem dá e ela gemia com vontade pedindo mais, ela falava no meu ouvido _ai genrinho eu to apaxonada por você meu amor, e eu falei pra ela a apartir de hoje eu vou ser seu macho, vc nunca mais ficar sem rola nessa bucetona gostosa, ela perguntou se era verdade e me mandou beija-la enquanto metia, ela veio com a boca bem no meu ouvido e disse se é verdade eu vou dar o que você mais quer e minha filha não dá, me poe de quatro e come e meu cú , sem pensar duas vezes obedeci, sem percebemos minha cunhada havia entrado na casa e ouvindo os gemidos foi ver o que estava acontecendo , quando ela abriu a porta que estava semi aberta pegou eu emrabando minha sogra, minha sogra disse filha, pegou o lençol e se cobriu não sabiamos o que falar mais minha cunhada falou eu não vou contar nada desde que ele me coma tambem olhamos um pro outro sem entender nada , e minha cunhada disse mãe você sabe que o Marcão sá quer ficar bebendo com os amigos no bar e não comparece mais, até quando eu tento ele brocha, que quero ver se o que a mana fala é verdade, minha sogra vestiu a roupa e disse se deu bem heim duas gostosas no mesmo dia, fechou a porta e ai minha cunhadinha veio pra cima me beijando dizendo que eu era lindo, gostoso, tirei a brusa da minha cunhada e finalmente chupei uqueles peitões negros gigantes , ela pediu para por o pinto nos peitos dela , ela aproveitou para abocanhar minha rola sem dá, chupava como se fosse a coisa que ela mais gostava de comer, levantei ela , tirei o shortinho e enfiei a lingua naquela chavasca preta deliciosa, a bicha gemeu bem alto e a sogra gritou ta bom a coisa ai heim, montei na cunhada e comecei a fincar sem dá e a danada pedia mais, mais meu amor , mais depois de comer ela em todas as posições, falei deixa eu comer seu cú, ela falou não , insisti e disse até sua mãe deu o cuzinho você vai fazer doce , e depois deixou enfiar com gosto, gozei no cú da cunhada e não aguentava mais, a cunhada saiu do quarto e dormi já sem forças , foi a primeira vez que comi as duas , mais em outras vezes até as duas juntas eu comi, o dificil foi chegar em casa a noite e minha mulher vim de vestidinho dizendo_ vai me comer ou vou ter que dar para outro.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos gozando pelo cucontos weroticos comi minha sobrinha novinha de calcinha de rendacomeu minha bundinha contosConto hot lesbica kiaraprimeira gozada na boca contoscontos comendo a menina no carnavalcomi minha madrinha na casa dela contossafado dorme com sua irmã e após se enroscar em grandãocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacomendo amae domeuamigo porno leisbicoconto erotico enganei a bobinhacontos de crossdresser me seduziu e me fez putaconto gay teen 20 anosCONTOSPORNO.sapecacasa dos contos incesto carlconto erotico colegas na piscinaSou casada mas bebi porro de outra cara contosvideos porno mulher da a buceta com as pernas bem abertas io macho ainda chupa seus peitoesconto cu ensopado de porra gayConto morena 37 anosconto amigo do marido trouxe o cachaço pra nossa porcacontos cabacinho com meu paicontos eróticos engravidei de um garotoxvidio transas arrecei casadoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casatodos gozarao na minha bucetaconto erotico novinho gay deu cavalgando no amiguinhocontos eroticos boqueteiraconto erotico sou casada e adoro me exibirhomem interra tudo na buceta inxada da sua cadelacoloquei o dedo no cu da minha namorada ela endoidoMeu filho me comeu de chantagio contocontos eróticos da casada cris devassa carona contos eroticos tenniscontoeroticos ingenua noivacontos euroticos tamaracontos de titio perocudo e esposaburrinha zoofiliacontos fui banha no rio e minha tia foi atrazsubmetido a chantagem para ajuda o marido contos eroticoconto casal bicontos eroticos infânciacontos eróticos vi meu vizinho transandoconto erotico menague com a noracontos eroticos de fio dental atolado no cu na beira da piscina o pitibul arrombou o cucontos de cú de irmà da igrejacontos eroticos nupcias mete amorMeu marido que comer outraconto porno medico aplicandco injecao na mocbiconto erotico o coroa e o viadinho de calcinha e shortinhocontos eróticos de incesto com a irmã caçulacontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhomulher passa muita margarina no proprio cuMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhosSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eróticos traindo rexenfiaram uma bucha no cu do estupradorconto erotico velho praia nudismocoroa de 60 anos metendo com adolecente no funkcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos foi comer cu de esposa e viu que tava arrombadacontos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeucontos eróticos de irmã e irmão, irma com mega bundaomae peladas socando muita margarina no cu e no corpoconto o Pastor me comeucontos eróticos dupla penetração anal em travestis zoofiliaIrmazinha pediu pra comer o cuzinho e mamae chegou e participou na piscina contosdeu o cu na quina da cama para o pai de uma amigaxxx videos mulheris bem safadas que brinca com o pauzinho pequeno do marido tampinhacontos eróticos ameacei minha esposagosando no cu do meu filho bundudo inocenteConto erotico troca de parceras com coroasvirei escrava do meu tio parte3contos de cú de irmà da igrejahttp://porno contos eroticos de meninas virgenscontos eróticos menino pequeno dá ocupadocontos meire me dominacontos eroticosproibidobunda queria sentir a Rola entrando devagar contoprima rechonchuda contos fotocontos eroticos minha tia era vigemcontos eroticos amigos heteroscomtos xxx imcesto mae crente maniacaestourei o rabo da minha cunhada conto