Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA BABA É DEMAIS...

Olá pessoal, eu sou Marcus, tenho 20anos, 1,75 de altura, olhos e cabelos castanhos, peso 59kg, e corpo atlético magro e moro em Salvador.

Bom, há 2 anos e meio atrás, minha irmã teve que fazer uma viagem de intercambio, então ela mandou sua filha junto com sua baba para ficar aqui em casa durante esse período, quatro meses, e que belos quatro meses, pois bem, na minha casa tem três quartos, o de minha mãe, o meu e o de minha outra irmã, o de minha irmã era onde ela ia ficar, estava com problemas de infiltração e a baba não podia ficar no quarto, por que tinha problemas de sinusite, então ficou minha mãe no quarto dela mesmo, minha irmã ficou no seu quarto pois já estava acostumada com a frieza junto com minha sobrinha, e a baba ficou comigo no meu quarto, lá eu tinha um beliche, fiquei dormindo numa cama e ela em outra, isso durou três dias na mais pura inocência, até que eu não estava mas aguentando, saber que tinha uma mulher linda no meu quarto e não está fazendo nada com ela, foi dai que comecei a conversar mais com ela, e tentar chegar num assunto bem mas interessante, até que tivemos que interromper nossa bela conversa, por que ela tinha que arrumar minha sobrinha para o colégio, isso eu fiquei em casa no meu computador, esperando ela voltar, quando ela chegou foi tomar uma ducha e almoçar, aí voltei pra sala e começamos a conversar, nisso coloquei uma mela música e aí, a conversa foi ficando mas agradável, e aí pronto, rolou o primeiro beijo, mas ficamos na quilo, eu estava um pouco com receio de fazer alguma coisa a mais. bom, inicialmente ficamos sá nisso, quando foi a noite na hora de dormi, fui pra cama um pouco mais cedo, até que ela entrou e fechou a porta, e pulou pra sua cama, nisso fiquei pensando num jeito de falar alguma coisa com ela, até que ela mesmo falou, dizendo coisas que não tinha nada a ver, dai perguntei a ela se eu não poderia passar para a cama dela, pois a minha estava muito vazia, ela disse, sá seu fizesse uma massagem nela, aí fui correndo pra cama dela, e comecei a lhe fazer uma boa massagem, ( minha especialidade, modestia a parte), aí depois de uns cinco minutos ela virou e ficou me olhando então eu parte pra cima, lhe beijando suavemente, até que eu fui tirando sua blusa, chegando nos seus seios com as minhas mãos, fiquei acariciando em quanto a beijava, e depois fui descendo a boca até os seus seios, depois fui descendo mas um pouco e tentei tirar seu short, na primeira tentativa ela resistiu, e eu parei imediatamente, continue o que estava fazendo, depois de um tempo tentei mas uma vez quando tentou resistir de novo, mas eu continuei dessa vez forçando um pouco, quando ela tirou sua mão, permitindo que proseguisse, dai fui descendo a boca, chegando no seu umbigo, tirei seu short, e sua calcinha de rendo preta, e fui com tudo, de boca na merenda, nossa, que coisa mas deliciosa, a menina era de mais, se tremia toda, precionando minha cabeça pra continuar, ela ficou durante um tempo se bulino toda, até chegar naquele ponto de bala, depois disso ela virou começou a me beijar e foi descendo, beijando todo o meu corpo, e caio de boca no meu pau, como eu disse a menina era de mais, fez um boquete até eu gozar de prazer, demos um tempo, e voltamos a uma nova sessão, até que eu introduzir meu pau na sua buceta boa e com aqueles pelos louros, fizemos um bom sexo , e isso durou um bom tempo, até a chegada de minha irmão, foi quando ela teve que voltar pra casa, durante esse período ficamos fazendo sexo todas as noites sem para, já estava perdendo rendimento durante o dia nas aulas, e no trabalho, e nos finais de semana quando ela ia pra sua casa, eu marcava com ela pra ir pra lá, lá sim era bom, por que tinha-mos a liberdade de gemer e gritar o quanto podia-mos, pois lá em casa estava-mos perto de minha mão e de minha irmã com minha sobrinhas, ficamos nessa brincadeira durante uns cinco meses, e depois de um ano nos voltamos a nos encontrar novamente, e agora nunca mas eu a vi novamente, na época ela tinha 22 anos, perfeita. bom essa é minha historinha espero que gostem, um abraço e boa noite, sou novo aqui, e esse é meu primeiro conto erático, um abraço, se quiserem me add, [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos virei cdzinha do vizinhobeijo safado de um nerd conto eroticofui assistir filme acabei chupandocomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contoscontos papai passando bronzeador em mimcontos lesbica velha me chupaver contos erótico mãe gordinha concebido gostosa s*****contos eroticos negao so comeu o cu da minha mulherfoto da minha sobrinha pimentinha que veio passar o carnaval com o tiocontos eroticos mamem fudendo com filho na fazendacontos eroticos meu sogro tirou meu cabacinhoContos erótico vi o pau do meu aluno e não aguenteicontos gay meu primo pauzao vir icontos eróticos eu comi minha irmãSou casada fodida contoconto de cunhada que viciou emdwr o cuescrava do meu namorado contoconto..virei viadinho do meu sogrocontos eróticos metendo com casalFui Comida pelos colegas do colegios contosminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façover contos de lesbicascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos. eroticos enteado novinho pau de jumento.contos minha cunhada de shortinhos bem curtinhoContos eróticos e rosecontos eroticos trote da faculdade comi o cú da calouracontos eróticosminha esposa deu para os molequesconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casacontos eroticos gay meu pai de vinte e tres anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosNovinha Bebi porra do meu amigo contocontos eróticos de un gordo virgemContos vi a berada da buceta da mimha entiada saindo pelo seu shorte nao aguentei quis come ela de qualquer jeito so que ela era virjemcontos eróticos estuprei a menininha q saia da escolacontos eroticos real novinhacontos eronticos sou crente mais minha buceta vivi picandocontos sexo minha esposa amigaContos eroticos peitudacontos eróticos de gay e picudo pedreiroscontoseroticos ai papai fode esse cu todocom o mel do gozo na bocavideo porno enxergando uma buceta na outra ate gozar e mela todinhacontos eróticos rsrsrsrssexo contos eu e meu filho adotivo fizemos sexoporno gey contos eroticos ferias c coleguinhacontos eroticos faxineiraconto de rasguei o cu da minha avópedreiro orrobando buceta da filha do patraocontosdesexopicantesdividindo a enteada teen com o filhoContos eroticos comi minha irmazinhacontos eroticos sobrinhosCasadas enfiando ascoiza grande na buceta no prporno conto erotico novinhaconto eu e minha babavi minha esposa dando mole contoscontos eroticos depessoas normais reaisempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhocontos erotico de ninfeta dando a buceta pro tio dormindoconto vi arrebenta cu meu maridocontos eróticos-meu pai me fez gozarcontos mandei minha esposa chupar meu paihttp://porno contos eroticos de meninas virgensconto erotico dopei minha espos e comi ela de todo geitovoyeur de esposa conto eroticoFui com um coroa pra sua lancha ele me fudeu conto eroticoconsultora pega a cliente e a faz gemer de prazervi meu sobrinho arrombar a sua namorada gostosa. conto eróticoduas mulheres e dois maridos gay transando com três ovos dentro de uma saunaa minha mulher gosta de comer o meu cu e eu adoro ser enrrabado por ela e a filha tbm ajuda contosquero ver contos de fada tia dando a bundinha para sobrinhocontos de incesto minha filha sendo comidaCunhada bunda site cellconto erotico dona de casa dominada contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casa