Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA FODA, NADA MAIS QUE ISSO!

Me chamo Henrique e sou um cara cabeça aberta. Apesar de ser discreto com relacionamentos, sempre gostei de uma boa putaria na cama. E isso cresceu muito quando eu a conheci uma mulher que virou minha cabeça, uma verdadeira devassa na cama, sempre pronta a experimentar tudo que o corpo tem a oferecer. Vou chamá-la de Sharon.



Era um homem casado e meu relacionamento não ia muito bem. Trabalho em uma loja especializada em vídeos pornográficos e minha clientela era 100% masculina. Até que me surgiu ela, linda, cheirosa e cabelos molhados... muito sensual. Sharon tem olhos verdes, cabelos cacheados, talvez 1,65 de altura, com um rosto angelical e um par de seios que seria capaz de rezar por eles. Ela chegou me interpelando sobre filmes estrangeiros, pois achava que as atrizes brasileiras fingiam orgasmos e contou-me sobre sua preferência por atores negros. Fiquei excitado com aquilo, mas procurei não demonstrar nada, afinal Sharon era casada e nunca tivemos um relacionamento práximo como vizinhos, pois ela residia práximo a mim.



A vendi um vídeo muito requisitado aqui, com atores negros e mulheres loucas. Passando alguns dias, me surpreendi com a presença dela novamente. Disse que gostou do filme e que gostaria de ver outros, se possível que eu a ajuda a escolher.

Essa visitas passaram a ser constantes, pois o marido dela sempre saia com os amigos e a deixava em casa. E aos poucos trocávamos confidências, totalmente sem pudor e falávamos muita putaria, aumentando mais ainda meu desejo em possuí-la.



Em uma manhã, o telefone toca e ao ouvir a voz dela, já fiquei de pau duro. Sá com a voz...

Ela me disse que havia sonhado comigo, a comendo de todas as maneiras, a penetrando gostoso, tudo que o marido dela não fazia a meses com ela. Disse que não aguentava mais ficar refém da masturbação e precisava de um pau metendo nela senão ficaria louca. Vi ali minha chance de comer aquela bucetinha que devia estar encharcada de tesão. E fiquei mais doido ainda quando ela disse que viria mais tarde a minha loja.



Ao longo do dia, fiquei imaginando como faria para comê-la aqui dentro, sem ninguém ver, sem o perigo de sermos pegos. Até que ela chegou e meu pau começou a mostrar sinal de vida. Fiquei receoso no início, talvez aquilo fosse apenas um desabafo, mas ela cheirava como uma cadela no cio, com um sorrisinho bem safado nos lábios. Pedi licença para guardar alguns produtos e quando voltei, a encontrei debruçada sobre a janela com uma saia jeans que deixava bem empinada aquele rabinho guloso. Verifiquei se não havia ninguém vindo e fechei a porta da loja. Sabendo de minhas intenções, a safada empinou mais ainda a bundinha e gemeu bem gostoso quando me ajoelhei atrás dela e enfiei minha língua naquele reguinho gostoso.

A putinha rebolava de uma maneira que minha língua enterrava mais ainda naquele rabinho. Nossa que delícia de mulher!!!

Cheguei sua calcinha para o lado e vi sua xaninha escorrendo de tanto tesão, implorando pra ser penetrada. Passei minha língua por toda aquela buceta até enfiar no cuzinho. Enfiava minha língua como se fosse um pênis, entrando e saindo. Ela gritou como uma gata selvagem quando enfiei um dedinho no cuzinho dela e comecei a morder seu grelinho. Depois disso ela se virou e meteu o dedo na minha cara dizendo que sá estava ali pra uma foda e nada mais. A agressividade dela me deixou mais louco ainda e ela disse para eu sentar que ela sá tinha 20 minutos até o marido chegar. Apanhei uma cadeira de praia que tinha na loja e sentei. Ela começou a rebolar e levantar aquela saia bem devagar. Disse que Não poderia tocá-la, nem beijá-la. Que sá queria meu pau dentro dela a fodendo bem gostoso. Igual a uma putinha...

Ela chegou a calcinha para o lado, enfiou o dedinho na buceta e deu pra eu chupar. Nossa, lambi igual a um cão. Depois disso ele fez a melhor cavalgada que uma mulher já tinha feito. Gozou como uma cadela e gemia bem baixinho, com medo de que alguém ouvisse. Dizia que precisava muito daquilo, de um pau em que pudesse sentar, gozar... Gozei muito, enchi a bucetinha dela de porra e depois disso, ela se levantou como se nada houvesse ocorrido, me agradeceu e foi embora. Foi uma foda e nada mais. E que foda!!!!!!!!



Esse é o primeiro conto de outros que relataremos aqui, eu e a Sharon.









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos menininhas para frentecontos enquanto dormiacontos virgindade com o padrinhocasada recebe proposta indecente contosnoite maravilhosa com a cunhada casada contosvideo erotico"minha primeira vez com travesti"gorda gozando contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos escondidocontos eroticos esfreguei um bundão gostosocontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontos eróticos comendo o c****** da freirinha taradacontos de coroa com novinhopornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiacontos eróticos de bebados e drogados gaysaudios da minha safada gozandoContos eroticos anciãs casadas e maridos cornosSentando no colo. Contos eroticos.contos erotico frentistacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontoseroticos minha entiadinha gemia baixinho aiiiiiiiiiiiiiiPapai derramo leitinho na minha cara contos eróticosconto:enrabadocontos eroticos gays zoofiliameu cachorro mecomeu a forcaContos eroticos dois macho chupando minhas tetascontos eróticos bem depravado de bem picantetia gordinha espiando contosconto erotico a boleiaconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos cunhadas safadascu da irma madura contos fotos ilustraçoesCasada viajando contossexo.filho.fode.a.mae.durante.uma.caminhadacontos eroticos enfermeira saco peito grandeconto de mulher sendo enrrabadacontos de cú de irmà da igrejachupetinha enquanto durmocontos minha esposa na casa do meu amigoporno gey contos eroticos comendo priminho no colegioContos eroticos comeu a pedido do maridocontos eróticos de vibradorConto erotico sou madura greludacontos eroticos dei pro meu sobrinhocontos eróticos mulecadahistoria comendo eguacontos suruba inesperada com a esposa e travestiSiririca contosconto erotico com pedreiro velho coroa grisalho peludoCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contosEu quero uma menção tá subindo no Pau por favor calma tá chupando pauCasadoscontos-flagrei.contos eroticos esposa camisola os amigo maridoFoderam gente contos tennsConto muito picante de casal brancos bisexual so adoram foder negroscontos eroticos fazendo troca troca quando meninogay seduz senta no peniz amigo hetero carente videos porno minha diretora me seduziu contoscontos gay o drogado me estuprouvemo espoza chupamo autro mo carmaval xxvidiorelato rasgou o c* de tanto levar rolababunda linda de calcinhapessoas fazendo sexo gostossooooEu e minha sogra no quarto contosNao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contometeu a pica gigantesca na passista deliciosaconto erotico com meu sogro peladopornô com minha irmã de minsainhainiciado pelo cowboy conto erotico gaycontos eroticos mulher santinhascomendo a mulher em frente ao marido contoconto erotico estudandoconto entreguei os pés da minha mulher para um amigovi outro gozar na boca de minha mulher contosesposa safada liberando geral para o sogroConto erotico muitas picaseu marquei um encontro com a esposa linda e gostosa do meu sobrinho ela entrou no meu carro eu levei ela pro motel conto eróticoContos curtos de coroa sendo humilhada e gostandocontos eróticos Nilza A esposa do meu amigo Contos e roticos com gemeos i denticosSou casada fodida contosafadinha de nicrosaiaContos eróticos: menininha da a buceta pro camioneiro bem dotadocontoseroticomenininhasou amante do bundao da minha maeconto gay meu sobrinho virou amanteloirinha goatossa visCONTOS EROTICOS PADRASTOSrelatos eróticos reais novinha primeira vez